Artistas Activos (A - E)

Almada Negreiros

Nasceu em 1893 e faleceu em 1970. Foi um dos iniciadores do movimento modernista em Portugal e um dos artistas mais influentes do século XX em Portugal. Pintor, ilustrador, desenhador foi também escritor. Recebeu o Prémio Columbano em 1942 e o Prémio Domingos Sequeira em 1945. De entre as suas obras em locais públicos há que realçar os frescos na gare Marítima do Conde de Óbidos e da Gare Marítima de Alcântara, os vitrais da Igreja de Nossa Senhora de Fátima, em Lisboa e o painel “Começar”, no átrio da Fundação Gulbenkian. A colaboração com a Manufactura de tapeçarias começou em 1949, com a Tapeçaria Bailarina.  


Peças deste artista